Atualização do iOS 11.1 conserta grave falha de segurança no protocolo Wi-Fi

Vulnerabilidade atinge redes Wi-Fi no mundo todo. (KRACK)

Atualização do iOS 11.1 conserta grave falha de segurança no protocolo Wi-Fi

Atualização do iOS 11.1 conserta grave falha de segurança no protocolo Wi-Fi

No dia de ontem, sites do mundo inteiro divulgaram uma enorme ameaça para redes Wi-Fi do mundo inteiro, graças a uma vulnerabilidade em redes Wi-Fi protegidas com WPA2, que até então era considerada uma das mais seguras. Esta falha atinge mais facilmente usuários de Android e Linux, porém a grande verdade é que todos os sistemas estão vulneráveis.

Felizmente a Apple já solucionou isso, pelo menos para dispositivos que estiverem rodando o iOS 11.1.

A vulnerabilidade (chamada de KRACKKey Reinstallation Attacks) foi descoberta no meio do ano, mas só foi divulgada publicamente ontem (16). Um conjunto de falhas graves no protocolo WPA2 pode permitir que agentes mal intencionados interceptem a comunicação do usuário, tendo acesso assim a senhas, logins de contas, etc. Este problema atinge todos os dispositivos conectados às redes de Wi-Fi. Na prática, é como se a sua rede com senha não tivesse senha para quem souber explorar esta falha.

Mas não há motivo para pânico. Diversas empresas já estão disponibilizando consertos para o problema. A Microsoft já liberou atualizações para o Windows e a Appledeclarou que as versões betas de seus sistemas (iOS, macOS, tvOS e watchOS) já possuem proteção contra a falha. Acredita-se que sejam liberadas no início de novembro, junto com o lançamento mundial do iPhone X.

O problema para quem tem Android é, mais uma vez, a demora na atualização do sistema. O Google já prometeu uma correção para o dia 6 de novembro, mas apenas os modelos Pixel terão acesso a ela. Usuários de outras marcas (como Samsung) terão que esperar a boa vontade dos fabricantes para poderem instalar à atualização, ficando mais tempo expostos à vulnerabilidade. Modelos com mais de 18 meses de lançamento provavelmente nem receberão a atualização, ao contrário da Apple que está protegendo dispositivos com mais de 4 anos (caso do iPhone 5s). É importante pensar neste tipo de coisa na hora de decidir qual smartphone comprar.

É importante também estar atento ao roteador Wi-Fi de sua casa. Procure saber se o fabricante já disponibilizou uma atualização corretiva do problema e faça o update o mais rápido possível.

E acima de tudo, atualize para o iOS 11.1 assim que ele estiver disponível para todos.

Ver vídeo mostrando como o ataque funciona. (inglês)

Fontes

Blog do iPhone

iPhoneHacks